04/12/2011

Emancipar o Lar Paraná ??!! - 2 Sonhadores



 

Quando criança, colega de meus filhos, o Gudézinho (José Eugênio Maciel) já fazia pose de político e, sentado em nossa sala de estar, me dizia com toda ênfase que quando fosse adulto seu sonho era ser prefeito do Lar Paraná. Inclusive, pomposamente, citava nomes de alguns de seus chegados, que seriam seus assesores e secretários municipais, entre eles: Acir Pancada, Valdevino Bravo, Carlos Henrique, Rodolfo César Bathke e Arno Ferrari. O seu projeto mais ambicioso era exterminar (matar) os gatos (espécie doméstica de felinos), sem justificativa plausível. No terreiro do fundo da casa de seus pais (Elza e Elói Maciel) o menino Gudé construiu uma mini-cidade, que me parece a chamava de Cerro Azul, que nada mais era que a sua imaginária cidade Larpeana, e um 'matadouro' de gatos num galho de árvore.

 

Mais com pés no chão, outro que sonhou em emancipar o Jardim Lar Paraná e ser seu primeiro prefeito, foi o polêmico e simplório vereador Julio Vieira dos Santos. Seu projeto inicial – ‘tudo documentado' – como dizia, era criar o Distrito Administrativo do Lar Paraná, que abrangeria todos os jardins e loteamentos industriais e residências da região a Oeste da Cidade de Campo Mourão e, em três anos, no máximo, pretendia transformá-lo em Municipio, 'que vai ser o maior pólo industrail do Brasil.' Outro projeto pioneiro seria: 'isentar os proprietários das residências, dos pagamentos das taxas de àgua e luz, e anistiar os inadimplentes da Cohapar', a começar por ele, sonhava Julio Vieira, que assim já iniciaria com um mau exemplo: legislar em causa própria... rsrs

Jardim Lar Paraná (clic e amplie)

‘Este sonho morreu com o nobre edil,
enquanto o primeiro sonhador
que, ainda vivo, até foi vereador,
esqueceu o ambicioso projeto infantil.’