02/05/2011

Aroldo Tissot - O Jornalista

 




O curitibano Aroldo Tissot, proprietário da Gazeta do Centro Oeste em Campo Mourão, nasceu dia 15 de fevereiro de 1933. Filho de dona Velvira Freitas e seu Javert Tissot.

Dificuldades - Quando seu Javert deu baixa do Exercito Brasileiro, já era pai de família e sempre quiz o melhor a si e a todos. Optou por ser fiscal a serviço do governo do Paraná e acabou indo morar no fundo do sertão do Norte Velho do estado, na beira do Paranapanema, divisa com São Paulo.
Afora as brincadeiras de infância com seus irmãos, pois nem vizinhos tinham, frequentar uma escola e começar a se preparar nos estudos primários, nem pensar.
Foram muitas as mudanças da família e geralmente as escolas eram bem distantes de onde o menino Aroldo morava.
Demorou, mas seu Javert recebeu promoão do Estado, foi morar em cidades, o que oportunizou Araldo e sua irmã Arilda frequentarem as escolas e conseguiram completar o ensino primário e o ginasial da época nas andanças por Santa Mariana, Andirá e Cambará.
O curso ginasial, o jovem Araldo Tissot completou, quando de volta a Curitiba, no Colégio Estadual do Paraná e no Instituto Rio Branco.

Campo Mourão - Em 1955 veio a passeio e em 1957 se fixou em Campo Mourão onde já morava sua irmã casada com Olivier Borgo Neves.
Conheceu Natália Domanski, de família pioneira em Campo Mourã. Começou o namoro, ele locutor e ela secretárida da Rádio Colmeia. Casaram e tiveram quatro descendentes: Luz Marina, Aroldo Jr, Roberto e Paulo Marcos.


O Jornalista - Iniciou no jornalismo, como 'foca' com a idade de 15 anos e logo foi repórter esportivo em Curitiba e seu primeiro emprego foi no jornal Paraná Esportivo. 

Mais experiente, trabalhou na Gazeta do Povo e foi contemporâneo e colega de trabalho de Bento Munhoz da Rocha Neto, anos depois eleito governador do Paraná que inaugurou a ex-Facilcam, na gestão do prefeito Horácio Amaral.
Entre 1980 e 1981 dirigiu a Tribuna do Interior, permanecendo até 1981. Quando saiu, fundou os jornais: Jornal do Campo  em 1963, Perfil” em 1975 e Gazeta do Centro Oeste em 1982.
 

Aroldo Tissot e José Richa ex-governador do Paraná

Participações - Em Campo Mourão retomou os estudos e saiu-se técnico em contabilidade pela Escola Santo Inácio. Mais tarde começou a estudar Pedagogia na então Fecilcam, mas não concluiu porque não gostou da qualidade das aulas.
Em 1959, foi um dos fundadores da União Campomourãoense dos Estudantes Secundários – UCES e o primeiro presidente, reeleito por mais dois mandatos. 

Ex-prefeito Roberto Brzezinski (esq) e Antonio Teodoro de Oliveira (dir) que o sucedeu, na inauguração da Rádio Difusora Colmeia de Campo Mourão.

Neste mesmo ano foi inaugurada a Rádio Colmeia e Aroldo Tissot assumiu a direção jornalística da emissora, produzia e apresentava o jornal falado O Mundo em Foco.



Foi sócio da Papelaria Continental e da primeira livraria da cidade, instalada na Rua Brasil, em 1960, parede e meia com a Rádio Colméia.
Nessa parede fizeram  uma ‘boqueta” (buraco) e dividia o telefone com a emissora pioneira de Campo Mourão.

Na Política - Aroldo Tissot saiu candidato a vereador e ficou na suplência. Seguidamente assumia a função, na legislatura mourãoense do quatriênio 1959/1963.

Aroldo Tissot na AML - primeiro à direita

Aroldo Tissot teve seu trabalho reconhecido publicamente quando, em abril de 2005 os poderes constituídos do Município. lhe outorgaram o título de de Cidadão Benemérito de Campo Mourão.

Imortal - Em 2005 apresentou o pedido de praxe e foi aceito na Academia Mourãoense de Letras - AML, titular da Cadeira 18. Presidiu a entidade no mandato de 2006 a 2008..

Companheira - Desde que começou a editar o Jornal Perfil, em seu retorno de Curitiba a Campo Mourão, depois do desquite legal, passou a contar com o companheirismo dedicado e com o mesmo afinco, da batalhadora e inseparável - 'tudo jóia' - dona Sônia Seczinski.

Aroldo ao centro de microfone na mão ladeado por autoridades

Primeiro 'time' de locutores da ZYS-63
Rádio Colmeia de Campo Mourão

Visita do amigo João Milanes, fundador e proprietário da Folha de Londrina

 
Faleceu na manhã de ontem, 11/02/2017, o jornalista Aroldo Tissot. Ele sofreu um infarto em 22 de novembro do ano passado e desde então estava internado na UTI da Santa Casa de Campo Mourão - PR.