28/11/2013

Edína Simionato historiadora de Campo Mourão



 
Edína Simionato

Edina Simionato nasceu em Peabiru, dia 8 de dezembro de 1953, mas com 1 ano de idade veio com sua família residir em Campo Mourão onde se estabeleceu com casa de comércio na av. Goio-êre,  no terreno hoje ocupado, em parte, por igreja evangélica.

 
Casamento de Edína e Ademir Siminato

É filha de Otília e Orlando Haesbaert, casada com Ademir Antonio Simionato com quem passou a residir em Londrina-PR. O casal tem duas filhas e um fillho: Luciane, Marcos e  Juliana, além de uma neta e dois netos: Luísa, Victor e Mathew.
Nas mudanças de cidades pelo Paraná lecionou em Cascavel de onde retornou definitivamente  a Campo Mourão em 1985 e assumiu a direção da Guarda Mirim Feminina e da Creche Jóias de Cristo, anexas à 1a Igreja Batista.
Edina é diplomada em Teologia e Filosofia pela FATEFI, pós-graduada em Pedagogia pela FECILCAM, concursada e efetivada pela Fundação Cultural de Campo Mourão-FUNDACAM e, há mais de 20 anos, Coordenadora do Museu Municipal Deolindo Mendes Pereira, de Campo Mourão-PR
Seus trabalhos literários, a maioria é sobre a rica História de Campo Mourão com livros, são verdadeiros pleitos de honra, dedicados às famílias pioneiras, homens, mulheres, filhos e filhas de inigualável arrojo e espírito destemido que se aventuraram a enfrentar perigos desconhecidos, desbravar o rico cerrado, as exuberantes matas e os pinheirais que formavam a promissora região dos Campos do Mourão. Vieram por picadas, carreadores, rios sem pontes, a conduzir famílias e animais sem a existência de recursos básicos, onde tudo se iniciou pela estaca zero e do nada em meio a um mundo muito natural que tudo dava aos bravos sertanejos em troca dos seus sacrifícios. A riqueza maior sempre foi a terra e a água.
Estes exemplos de pioneirismos em busca de dias melhores às famílias, podemos ver nos livros de Edína Simionato: Campo Mourão, Sua Gente... Sua História (1996 com a segunda edição ampliada em 1999); Na Espiral do Tempo, lançado no Jubileu de Ouro do Município de Campo Mourão (10/10/1947 a 1997).

  

Merece destaque especial, seu livro: Campo Mourão, Mulheres Que Fizeram História (2010) onde podemos nos maravilhar com a saga de quase 70 Mulheres que ‘domaram’ as vicissitudes dos Campos do Mourão e ajudaram, enormemente, a construir, passo a passo, a bela e aconchegante cidade de Campo Mourão.
É co-autora  de duas Coletâneas Caminhos In Versos, da Associação Mourãoense de Escritores (AME), dos três Compêndios da Academia Mourãoense de Letras têm duas estórias publicadas no livro Enquanto Conto Encanto o Conto, da Fundação Teatro Guairá, dois contos publicados nos Cadernos do Paraná n° 3 (Lendas e Contos Populares do Paraná) da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná. O conto de sua autoria: A Lenda de São Tomé foi editado e apresentado pelo programa da Rede Paranaense de Comunicação- afiliada da Globo: Casos e Causos.
Teve participação decisiva no livro Principais Avenidas, Ruas, Praças e Logradouros Públicos de Campo Mourão (2007),  no qual estão as explicações dos porquês das escolhas dos nomes, publicado pela FUNDACAM.
Edína Simionato ocupa da Cadeira 16 da Academia Mourãoense de Letras que homenageia a professora estadual pioneira de Campo Mourão: Eulália Carneiro de Campos. Também é membro da Academia de Cultura de Curitiba e do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná.
Fundou a Associação dos Pioneiros de Campo Mourão que realiza os Encontros Itinerantes de Pioneiros e a Roda de Pioneiros, com as memórias vivas da história do Município Modelo do Estado do Paraná.
Com turmas de alunos das escolas interessadas, profere palestras e passeios pelas relíquias do Museu Municipal através do projeto Um Passeio Pela Memória, onde conta a História de Campo Mourão e responde perguntas inerentes ao tema.

 
Museu Municipal de Campo Mourão

Sugerimos aqui , nesta pequena homenagem à amiga Edina, uma visita ao Museu Municipal que lhe oferece a oportunidade ímpar  de 'viajar' no tempo e de saber mais sobre  as fortes raízes de Campo Mourão-PR.