17/12/2011

Campo Mourão Fotos Raras do Wille

 

Além dos saudosistas e amantes de História de Campo Mourão, com certeza, quem vai gostar de ver e copiar essas fotos-legendas são meus amigos: Luiz Irineu Ferreira Lima, Ilivaldo Duarte, Ely Rodrigues Daniel, João Marcos Durski e, sem dúvidas, Pedro da Veiga.
Caiu na Internet - meu amigo - é patrimônio universal. Aqui nesse misterioso Universo Cibernético, ninguém é dono de nada !!.. rss*

Fundado em 1955 e inaugurado em 1956, no primeiro ano letivo do Ginásio Campo Mourão, os estudantes se organizaram e criaram o Grêmio Litero Espotivo Barão do Cerro Azul. De imediato foram eleitos Nelson Teodoro de Oliveira- diretor esportivo e Wille Bathke Junior- presidente.
Com os cruzeiros coletados entre estudantes pioneiros do Ginásio, o Grêmio comprou bolas, jogos de camisa (azul e branca), calções e meiões brancos.

 
1957 - Pça Getulio Vargas, Campo Mourão: Wille Bathke Jr,
Ademar Batista de Melo e Antonio Carlos Zaramela.

Adquiriu três instrumentos de percussão que deu origem à primeira fanfarra cívica de Campo Mourão.
Também foram formadas as primeiras equipes de Volei e Futebol.
Onde hoje é o Estádio Municipal, na epoca os integrantes do Grêmio auxiliados por alguns colegas construiram as traves e demarcaram o campo de jogo (não gramado) em sentido inverso a cancha atual
Foi no farquejo de uma dessas traves que o Quinto Salvadori decepou dois dedos do Kadota (da Quitanda Avenida). Enquanto o Quinto aparava com a machadinha, o Kadota passava a mão pra limpar as lascas.
E numa dessas, lá se foram dois dedos decepados e aquela correria, de bicicletas,  pra levar o colega ao hospital. Sarou logo e jogava na ponta esquerda do timaço azul e branco do Ginásio Campo Mourão.

 
Ginásio de Campo Mourão - Futebol

Prof. Iran Martins Sanches, Bogdan Metchko, Quinto Salvadori, Rubens Bathkke, Osni Silveira, Neville Salvadori e prof. Ephigênio José Carneiro. Agachados: José Carlos Silveira, ??, Neroi Ramos, Nilson Nogaroli, Wille Bathke Jr e Francisco Kadota, já sem os dedos.

Time de Volei do Ginásio Campo Mourão

 



 
Campo Mourão 1956 - Guarani 1, Km23 0 valeu Taça
Em pé: Osmar Waldir, Pedrão, Waldemar, Zé do Galo e Flávio.
Agachados: Joãozinho, Wille, Renato, Rubens e Ministro.

Texto no verso da foto do Guarani FC - 27/10/56

 
1957 - Urupê Flamengo EC, da Laminadora Urupês (dos Irmãos Portes Rocha),
empresa que deu origem a Vila Urupê de Campo Mourão.

 
1972- Osvaldo Wronski, Wille Bathke Jr e Luiz Carlos Kehl


 
1974 - Premiação na Quadra Tagliari:
 Louri da Silva (em pé), Wille Bathke Jr,  Itamar Tagliari e Antonio Admir (Beline) Fuzeto.
Agachados > Carlos Tagliari, ...

 
Wille Bathke Junior, sócio da Associação Esportiva e Recreativa Mourãoense de Campo Mourão.
A assinatura é de Lauro Teodoroviz - Tesoureiro 1965

1969 - Araruna EC campeão amador/l969 pela Liga Regional de Futebol de Campo Mourão,
do álbum original de Carlos Henrique Bathke

 
A mesma foto melhorada, por Wille Bathke Jr

 
O Araruna EC recebe a Taça de Campeão/69 entregue pelo presidente da Liga, Guilhermino Moreira (grisalho) e pelo diretor de futebol da Mourãoense, Alcyr Costa Schen. 
No centro Pedro da Veiga (encoberto) e Wille Bathke Junior registraram o evento, desde o Estádio Municipal Ariovaldo Uergo, de Araruna, transmitido pela Rádio Colmeia de Campo Mourão.

 
1973, Dezembro - Última edição do Torneio Extra-Amador
“Dep. Armando Queiroz de Morais”.

Wille Bathke Jr (de vinho) e José Martins (de branco) ao lado do filhinho. Ao fundo a velha arquibancada destruida pela chuva de graniso que arrasou Campo Mourão. As atuais, de alvenaria, foram construídas nas gestões de José Pochapski e Renato Fernandes Silva, prefeitos  que promoveram edições dos JAPs - Jogos Abertos do Paraná em Campo Mourão.
O Torneio foi realizado pelo Departamento de Esportes da Rádio Colmeia, com aval da Liga Regional de Futebol de Campo Mourão e FPF, no Estádio Municipal Roberto Brzezinski por 7 temporadas - 1970/77.
O torneio acabou quando o Municipal EC da Prefeitura sagrou-se campeão por três anos seguidos, o que lhe valeu, pelo regulamento do certame, a posse definitiva da enorme taça de quase l,70 m de altura.
A exemplo do não menos famoso e competitivo Torneio Osvaldo B Wronski - que durou 10 anos - na condução dos jogos atuavam Wille Bathke Junior e José Martins (foto acima), respectivamente, presidente e secretário da LRFCM.


 
31 de janeiro de 1970. Uma das etapas de estrada do Campeonato Paranaense de Ciclismo com chegada em Campo Mourão.  O prefeito Horácio Amaral deu a bandeirada final na Av. Capitão Índio Bandeira X Rua Brasil.

 
A equipe de Rolândia venceu liderada por Carlos Masson. 
Ao fundo o Edíficio Alvorada e a sede da LRFC.

Na foto aparecem ainda: Horácio Amaral entregando medalhas, Pedro da Veiga, Wille (encoberto) e, acreditem, o advogado, vereador e presidente do Legislativo de Campo Mourão, Antonio Iris Mazzuchetti deu uma de repórter da Colmeia nesse evento. Olha ele aí de microfone na mão entrevistando o vice-lider do certame. Por sinal, Iris mandou bem.


Neste mesmo transcurso, Campo Mourão realizou a 2a Corrida de Kart, coordenada pelo Kart Club de Rolândia, entre as ruas Francisco Albuquerque/Brasil e avenidas Cap Indio Bandeira/Irmãos Pereira e contorno pela frente e fundos da Catedral. A  maior dificuldade desta prova foi encontar a grande quantidade de pneus usados, colocados qse em volta de todo circuito a fim de evitar acidentes graves. Tivemos ainda as segundas corridas oficiais de rua, do ciclismo e pedestreanismo paranaense.
No Convite, onde está grafado Comissão de Esportes, leia-se Departamento Esportivo da Rádio Difusora Colmeia - 'A Voz Pioneira do Vale do Piquiri Ivaí'.  


 
Wille entrevista Pepe do Santos FC no amistoso contra o CAFE de Cianorte
no Estádio de Campo Mourão.

  

 
Semama da Pátria 2000 – Chegada do Fogo Simbólico a Campo Mourão e acendimento da Pira Olímpica.

Autoridades e Imprensa no ‘palanque oficial, na esquina da Rua Brasil x Av. Capitão Índio Bandeira.
Vemos ao fundo o vereador Moacir Porciúncula, deputado Federal Francisco Irineu Brzezinski, deputada Estadual Amélia de Almeida Hruschka, Ely Rodrigues da Rádio Humaitá e Wille Bathke Jr. da Rádio Colméia.
Atrás das caixas de som: Antonio Carlos ‘Formigão’, Pedro Cordeiro de Souza, Manoel Rodrigues Correia (agachado) e, atrás da escada da Pira Olímpica, Márcia Tomadon.

 

Esta maratona pedestre que passava pelas principais cidades do Estado do Paraná, também é conhecida por Corrida do Facho. O Fogo exerce fascínio sobre os humanos desde que o Mundo existe.

 
O Fogo sagrado dos atletas originou-se na Grécia
e chegou a Campo Mourão

O mais famoso narrador de futebol do Brasil, Fiori Gigliotti, ao lado de Wille Bathke Junior, um ano antes do seu passamento.


>clic nas fotos e amplie<

Aguarde mais surpresas de fotos aqui...



De:
Francisco Kadota (kaku-dikio@hotmail.com)
Enviada:
sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012 20:29:43
Para:

Ola Wille, demorei um pouco mas aqui estou. Acho que esqueci de lhe agradecer por ter me conduzido ao Hospital, quando Quinto Salvadori , involuntariamente cortou-me 2 dedos da mão esquerda quando da montagem das traves no campo de futebol , lembra ? muito obrigado. Como vai você? mando abraços
Francisco Kadota.