19/06/2011

Povo de São Joaquim - formação


*Povo de São Joaquim - mescla de raças

Sobre a formação étnica de São Joaquim-SC, citemos algumas famílias pioneiras, principalmente as que se radicaram na Costa da Serra, que abrange os municípios de São Joaquim, Bom Jardim, Urubici, Bom Retiro, Painel, e Urupema: Souza, Ribeiro, da Silva Mattos, Velho, Amaral, Pinto de Arruda, Pereira de Medeiros, Caetano Machado, Vieira, Córdova, Saldanha e outras famílias que vieram após estas.
Na continuidade do processo de tais casamentos, mais tarde, já por meados de 1800/1900, a união com novas famílias que foram se domiciliando na região, inclusive algumas européias, acabou por dar início a uma nova geração serrana, com perfil transformado, mas conservando as principais características da geração anterior, como a calma, a hospitalidade e o trato fidalgo.
Algumas dessas novas famílias: Palma, Vieira do Amaral, Macedo, Machado, Paula Velho, Borges, Souza e Oliveira, Rodrigues Nunes, Hugen, Bathke, Martorano, Fontanella, Ramos da Costa, Arruda Ramos, Pereira Machado, e outras.

Este levantamento me foi solicitado pela funcionária do Museu Histórico da cidade, Estela Dalva Hugen, com o fim de subsidiar as pesquisas que estavam sendo realizadas sobre todas as esposas dos 26 prefeitos, a fim de que a comunidade joaquinense pudesse conhecer e prestar justa homenagem a essas mulheres desconhecidas que, ao lado de seus maridos, ajudaram a construir a história do Município de São Joaquim-SC.

*Ismênia Ribeiro Schneider é pesquisadora de genealogia serrana de Santa Catarina. Membro do INGESC (Instituto de Genalogia de Santa Catarina) e do Instituto Histórico e Geográfico de Lages. Professora de Lingua e Literatura aposentada. Nasceu em São Joaquim, em 30/12/1934. Filha de Enedino Batista Ribeiro e Lydia Palma Ribeiro. Casada com Arno Leopoldo Schneider.