14/03/2011

TransPeaberu

O Caminho ligava o Atântico ao Pacífico

Dia após dia, as descobertas históricas e arqueológicas – como a do Peaberu com seus mais de 5 mil kms - comprovam o respeitável grau de conhecimento dos povos nativos da América do Sul e ajudam a desmoronar a versão arcaica dos truculentos invasores brancos e dos ideólogos atuais, de que a civilização, a ciência e o bem-estar chegaram à terra sul-americana com os europeus, ou aquela de que os nativos - à exceção dos incas - eram selvagens e pouco mais que primatas sem almas, quando na realidade veneravam seu deus, tinham suas pajelâncias (cultos sagrados) além de cultura, arte, respeito à família e governantes.

Os povos que aqui viviam, antes da ocupação européia, foram chamados por Cabral (1500) de "índios" e o continente denominado América, por Colombo (1492), homenagem a Américo Vespúcio.

 

*
Trecho do livro inédito de Wille Bathke Jr:
Peaberu, o Sagrado Caminho de São Thomé