29/03/2015

Eurides Pereira nasceu em Campo Mourão


 
 
Eurides Ovídio Pereira nasceu em Campo Mourão, dia 12 de outubro de 1918 (Dia de N.S. Aparecida e do descobrimento da América), precisamente na região do Jardim Santa Cruz. Filho de Maria Josefa de Campos e Pedro Ovídio Pereira (falecido em 1935) que do alto de uma árvore, região da Vila Guarujá, avistou e anunciou ao pai Jozé Luis Pereira o tão procurado Campos do Mourão bem além do Rio do Campo.

Eurides era neto de Maria Silvério e Jozé Luis Pereira o Velho Sertanejo desbravador e patriarca da primeira família que se instalou nos Campos do Mourão em 16 de setembro de 1903.

Sua avó, dona Maria Silvério, foi a primeira pessoa a falecer em Campo Mourão, vítima da queda de cavalo durante uma lida de apartação das vacas leiteiras. Está sepultada no campo santo que deu origem ao Cemitério Municipal São Judas Tadeu sob uma cruz de cedro feita por Jozé Luiz Pereira, que brotou, virou árvore centenária e todo ano floresce no mês de agosto na cabeceira do tumulo da sua família.

 
Cedro-rosa, árvore nativa (extinta) em Campo Mourão - PR

Quando criança brincava com seus primos pelo vasto cerrado mourãoense, cuidava do rancho e sua especialidade era preparar o almoço enquanto a família trabalhava nas plantações e colheitas dos roçados.
Um dos que provou e gostou do cardápio do menino cozinheiro "foi o pecuarista e engenheiro chefe da Estrada Boiadeira, Manoel Mendes de Camargo, nos idos de 1900" segundo contava, todo faceiro, o próprio Eurides.

Logo que casou, aos 18 anos de idade, dedicou-se ao plantio e cultivo de 3 mil pés de café na região do Barreiro das Frutas, na propriedade de sua sogra Almira Lemes da Silva (nome de escola municipal de 1° grau naquela localidade rural).

1940, Eurides estabeleceu matrimônio com Eliziria Lemes Teodoro, que lhe deu nove filhos: João Maria, Áurea, Jair, Maria Josefa, Inézia, Leony, Ezoel, Carmen e Edson. Eliziria faleceu em dezembro de 1984 e Eurides teve segunda núpcia com Lídia Maria Kuligoski Pereira, em 1988.

1942, foi convocado pelo Exército Brasileiro (5º Regimento de Cavalaria Divisionária), incorporou em Curitiba e foi soldado de prontidão durante a II Guerra Mundial no 1o Esquadrão Independente de Cavalaria de Guarapuava.

 
Vereador Eurides com o Governador Bento Munhoz

1952-1955, na condição de suplente foi vereador (PR) na segunda legislatura municipal de Campo Mourão ao assumir a cadeira do sargento Silvino Lopes de Oliveira que se elegeu prefeito de Peabiru – PR e depois deputado estadual. Era prefeito de Campo Mourão o médico Daniel Portela, também do então Distrito de Peabiru.

 
Eurides Ovídio Pereira e suas lembranças de Campo Mourão

2014, numa segunda-feira, 29 de março, faleceu o pioneiro nascido em Campo Mourão, Eurides Ovídio Pereira, aos 96 anos, de causa natural.
Eurides Ovidio Pereira de Campo Mourão