20/05/2011

Ely Rodrigues e a Barata



Campo Mourão - Ely Rodrigues

Oito horas na Rádio Humaitá.
Jornal da Manhã no ar apresentado por Ely Rodrigues Daniel e Wille Bathke Junior.
Na metade da edição - (2 hs de duração) - aparece uma barata ligeirinha no estúdio.
Subiu pela perna do Ely, que assustou e fez gestos de que ia sair do estúdio (seria medo da barata?).
Dei sinal a ele que continuasse a fala.. a apresentação.
Enrolei um jornal (tipo cacetete) e tentei matar a barata.
Era pá daqui, pá de lá e a danada da barata na maior correria pela mesa, microfones, vidro do estúdio... subia, descia, fazia zigue-zagues, se escondia debaixo da mesa e nada de eu acertar a barata.
Sentei. O Ely falava um pouco e ria. Outro pouco e ria...

Fiquei de tocaia e ria dele.
E o Ely falando sozinho (tentando falar as notícias).

A barata subiu de novo, mirei bem e... páaaaaaaaaaaa.... uma cacetada nela.
Ai, acabou o jornal pela metade.
O Ely não conseguia conter as gargalhadas e nem eu.
Mas a barata morreu 'esbagaçada'.

Paramos pelo ataque de riso. Ao deixarmos o estúdio, rindo muito, o Ely falou:
- Interrompemos está edição do Jornal da Manhã, por causa de uma barata!!!

Eu arrematei:
- Mais detalhes no Jornal do Meio Dia!!

E o técnico de som (Trevé) mandou ao ar esta musiquinha:

 

Nada pretensioso. Mas que o site é bom... é !!